A importância da coloração pessoal na imagem

Anna Barros 27 fevereiro, 2016Consultoria

A cor é o elemento de maior impacto no visual e por isso a seleção das cores é tão importante para construção de uma imagem harmoniosa e atraente.

No estudo de coloração pessoal descobrimos por um teste de cores realizado de forma comparativa, quais cores mais se harmonizam com seu subtom de pele e seu contraste entre pele, olhos, cabelos e sobrancelhas.

Aos descobrirmos qual característica da cor é mais relevante para você: temperatura,  profundidade ou intensidade, identificamos as melhores cores que usadas próximas ao rosto irão te deixar com uma aparência saudável e descansada, mais jovem e luminosa, com menos marcas de expressão e olheiras, por exemplo.

Parece mágico né, mas não é!!! Na nossa pele temos pigmentos como melanina, caroteno e hemoglobina; e a combinação desses elementos é que afeta as dimensões da coloração:

  • Temperatura: cor quente/ neutra ou fria
  • Intensidade: cor viva ou opaca
  • Profundidade: cor clara ou escura

Ao escolhermos a cores que mais se aproximam dessas características pessoais, mais harmoniosa nossa imagem será, nos deixando com aparência mais jovem e bonita.

É menos confuso do que parece. Vou exemplificar alguma diferenças de forma simplificada, e comparativa, pois fica mais simples de visualizar:

1) Temperatura: quente/ neutra ou fria . A cor quente podemos associar ao sol e ao fogo e a cor fria ao céu e vegetação. Dessa forma, a pele fria apresenta pimentos mais azulados e a quente mais amarelados. A pele neutra não apresenta predominância de pimentos nem frio nem quente, sendo portanto neutra. A pele neutra é uma característica mais comum em países onde há grande miscigenação racial.

CIRCULO-CROMATICO

2) Intensidade: viva ou opaca . Uma cor viva é forte. Quanto maior sua intensidade, mais pura é a cor. Quanto menor sua intensidade mais opaca e suave fica, se aproximando do cinza.

cores vivas e opacas

3) Profundidade: claro ou escura. Uma cor é clara ou escura de acordo com sua proximidade com o branco ou preto. Ou seja, ao misturarmos branco a uma cor, tornamos a mesma mais clara e ao adicionarmos o preto a uma cor tornamos a mesma mais escura.

profundidade de cor

Acredito que agora ficou mais fácil entender cada umas das características que determinam nossa coloração pessoal.

Considerando a combinação desses elementos: temperatura, intensidade e profundidade, é possível definir 12 diferentes cartelas de coloração pessoal. Três para cada estação do ano: Primavera, Verão, Outono, Inverno.

Vou falar um pouco a respeito da minha cartela de cores, para exemplificar.

A minha coloração pessoal é Inverno Intenso. Minha principal característica é a intensidade da cor, que é alta. A temperatura é neutra, com média profundidade.  Dessa forma as melhores cores pra mim são intensas e vibrantes.

_tag_inverno-intenso_392490a39df7aa722fe6a0ed4a46f3a7

Vou mostrar pra vocês a diferença entre escolher a cor certa e a errada, pela foto fica visível!

Cor : Bege

Anna Barros Consultora de Imagem

Cor : Azul vibrante

Anna Barros Consultora de Imagem

E ai? Conseguiu visualizar como fiquei mais atraente com a cor certa? Quer conhecer as melhores cores para você? Entre em contato comigo!

Comente no Facebook

Comente no Blog

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comentário:A importância da coloração pessoal na imagem

  1. Sidilene

    Adorei saber disso…
    Parabéns

    • Anna Barros

      Sidilene, obrigada pelo comentário e que bom que gostou 🙂 Caso tenha interesse em fazer o teste de coloração pessoal me contate por email. Com o teste de coloração você já recebe sua cartela de cores, que recomendo usar como referência para escolha de base, blush, batom, esmaltes e para roupas próximas ao rosto, onde o efeito das cores age diretamente na aparência, como comentei no post. Beijos!

Posts que você pode gostar
  • Aposte no Floral - primavera verão 2017/18

  • look militar

    Inspire-se na tendência Militar

  • Saia plissada com body

    Use e abuse da saia plissada